quinta-feira, 31 de julho de 2014

O Turista passou e o lixo ficou.

Visitar uma cidade com potencial turístico é realmente incrível, estar em contato com outras culturas, nova gastronomia, outro clima e acima de tudo com pessoas diferentes e hospitaleiras.
Geralmente esses lugares estão dispostos a receber os turistas. Porem em vários destinos é visível um habito ruim dos turistas, que é o de jogar ou deixar lixo no ambiente.
Essa realidade pode ser sentida após o fim do dia, especialmente em feriados. Os lugares que são mais marcantes pelo lixo esquecido são vários, entre eles se encontram as são praias, balneários, praças, parques, espaços de eventos, cachoeiras e estádios.
Outro habito bem intrigante é o de escrever o nome em arvores, calçadas, muros, estátuas e outros. Os dois hábitos são uma forma de depredação do patrimônio público e ambiental.
Senhor do Lixo, Silvio Alvarez, 2008
Porém, um turista consciente deve prezar pelo local que visita, oportunizando dessa forma a preservação e a perpetuação do espaço.
Assim como a preservação de espaços públicos, a preservação de ambientes naturais deve ser mais intensiva, pelo fato dessas áreas serem mais sensíveis a poluição e a degradação.
Preservar o espaço em que se visita é garantir que outras pessoas possam desfrutar do mesmo modo, além disso, em longo prazo será garantido que as futuras gerações tenham a experiência de conhecer o local sem muitas alterações.
Contudo, quando se visita um novo destino deve-se promover a sua boa conservação, pautando da ideia de que aquele espaço também é seu e precisa ser cuidado.

 Lembrando sempre de que desses espaços nada se tira e nada se deixa e nada se leva, a menos que o que for tirado sejam fotografias e que se leve boas lembranças.

II Joanópolis se Mostra

A Estância Turística de Joanópolis é conhecida por suas lindas cachoeiras e natureza exuberante, porem em agosto ela terá muito mais a mostrar aos visitantes, pela segunda vez será realizado o evento Joanópolis se Mostra.
Nos dias 9, 10, 16 e 17 de agosto, Joanópolis vai se mostrar em várias atrações. Desde exposição de fotografias até um encontro de violeiros, mini tirolesa na praça, festa de São Lourenço, com barraquinhas de quermesse da igreja, coral cantando Chico Buarque, crianças cantando músicas do Divino, oficina de doces e queijo de cabra, entre outras. Uma diversidade de atrações para todos os gostos e bolsos. 
Então já se encantou pelas novidades e atrações? Então se programe e venha conhecer essa encantadora estância turística e desfrutar desse belíssimo evento.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA.
Vivere In Montagna, fotos retiradas da intenet 
Praça Domingos Segurado
Dias 9/10 e 16/17 das 10 às 18hs.
Arte e Artesanato
Dia 9/10 e 16/17 das 9 às 14hs.
Informações turísticas de aventura: trilhas, rapel e tirolesa
Parede de Alpinismo e Mini Tirolesa
Brinquedos infantis infláveis

Igreja  São João Batista
Dias 8/9/10
Festa em louvor a São Lourenço
Missa e barracas de alimentação

Coreto da Praça
Artesanato, Arte e Natureza
Dia 10 às 20hs.
Orquestra de Viola “Matutos da Mantiqueira”
Dia 16 às 22hs.
Música na Praça
Dia 17 às 11hs.
Encontro de Violeiros

Praça João José Batista Nogueira (Praça da Cadeia)
Dia 16/08 das 9 às 12hs.
Brincando na Praça: atividades recreativas

Pousada Bongaville
Casa da Cultura
Dia 9/10 e 16/17
Exposição “Olhar do Fotógrafo”: Decio Badari, Kk Alcover, Leonil Jr, Caio Buni“
Fé e Tradição: Divino Espirito Santo de Joanópolis
Violino & Violão: instrumentistas Fabio e Gabriel
Aline Badari:  Projeto “ Natureza em Foco” de fotos macro e telas com motivos florais,

Dia 9
às 14hs. . Oficina de Embalagens pela Ceramista Mercia Borges
às 17hs. - Apresentação Coral Infantil Creche Santo Antonio
às 20h30 - Apresentação Coral FUNDAP às 20 hs. Regência Cesar Cerasomma, cantando peças escolhidas da Ópera do Malandro, de Chico Buarque
Oficina Cauá

Dia 16 às 21hs.
Cinema “Em busca da Verdade “ 

Villa Bar, Restaurante e Pizzaria
Rua Professor João Candelária Sobrinho, 137
Dias 9/10 e 16/17
 Exposição e vendas Bijouterias Artesanais Donna K
Dias 9 e 16
Som intimista do Sax de Ronaldo Siroky

Capril do Bosque
Estrada da Terra Preta, km 3
Dia 9/8, sábado, 13:30: Almoço musical no
Capril do Bosque
Bistrô
 com o Coral FUNDAP - Regência Cesar Cerasomma, cantando peças escolhidas da Ópera do Malandro, de Chico Buarque.
Arte de Silvio Alvarez
Dia 16/8, sábado, das 10h às 14h, na Queijaria:  Oficina de Queijo de Cabra. Aula com galeria digital de queijos do mundo todo, preparação orientada de todas as fases do queijo e degustação dos queijos do Capril do Bosque com uma taça de vinho. Preço: R$290,00 por pessoa. Somente com reserva antecipada. Telefone: (11) . 996.006.850
Dias 9, 10, 16 e 17/8 a partir das 9h: Passeios à cavalo (R$ 30,00) e de charrete (R$40,00) e visitas ao berçário do Capril para as crianças (RS 10,00).     

Cantina Provincia di Lucca
Estrada da Cachoeira dos Pretos, km. 1
Exposição Artistas Plásticos: Colage Silvio Alvarez   e Ceramista Mercia Borges

O Caipirão
R. Coronel Alípio Fernandes Cardoso km 1
Dias 9/10 e 16/17
Exposição Artesanato  Zuleika Olivato  / Eva Patchwork / Luminárias artesanais  João Lima/ Fafá moveis em madeira reciclada
Som Sertanejo de Raiz
Pesqueiro Padilha

Sitio Tia Neuza Tio Luiz
Dia 16
Estrada da Cachoeira dos Pretos, km 18
Oficina de Doce de Leite acompanhado de Café Caipira. Por agendamento. Tel.: (11) 4539.3197

Pesqueiro Padilha
Rodovia José Augusto Freire, km 115
Dia 9/10 e 16/17
Comida do Lobisomen das 11 às 16hs. Pesca esportiva a partir das 6 às 18 hs.
Dia 10
Campeonato Paulista de Montain Bike
Concentração: 7h.
Largada: 8h.

Para Mais Informações Sobre o Evento Consulte:

sábado, 26 de julho de 2014

Terra de Mistérios, a pequena Joanópolis- O Registro

Hoje foi publicado a minha coluna A Arte do Turismo e da Hotelaria, no Jornal O Registro, com o Titulo Terra de Mistérios, a coluna aborda uns dos enigmas mais intrigantes da Estância Turística de Joanópolis, Acompanhe!

Terra de Mistérios, a pequena Joanópolis
Margaterth, margot.joaninha@hotmail.com
A cidade de Joanópolis está situada nas proximidades da Serra da Mantiqueira e tem muito mais a oferecer do que as belas paisagens, natureza encantadora, boa gastronomia e hospitalidade.
Antes de chegar ao município já se repara que algo diferente esta acontecendo, devido à brusca mudança de clima e da natureza e, além disso, as curvas sinuosas dão a entender que o destino é peculiar e possui algo diferente.
Ao chegar é possível visualizar que a cidade é rodeada de montanhas e a natureza te convida para entrar. Porem essa natureza encantadora esconde um dos mistérios da cidade, que há algum tempo foi conotada de Capital do Lobisomem.
Esse personagem folclórico tem impulsionado alguns turistas a escolher a pequena Joanópolis como destino. O personagem está presente não só no imaginário dos moradores, mas também em alguns estabelecimentos comercias que possuem replicas em tamanho original e em outros inúmeros artigos.
Capa do Jornal
Alguns munícipes levam a serio a existência desse personagem, tanto que já existe uma Associação dos Criadores de Lobisomens e a Comida do Lobisomem, que é um prato típico e exclusivo do município.
Andar pelas ruas de Joanópolis, em uma sexta-feira de lua cheia pode ser uma experiência surpreendente ou simplesmente ser algo comum, depende da sua sorte.
Desbravar esse mistério é tarefa para poucos, os turistas que realmente tem o interesse de saber se esse enigmático personagem existe, devem ir ao município e deixar a imaginação fluir nessa terra de lobisomens.
Coluna


CONHEÇA A CAPITAL DO LOBISOMEM.





sexta-feira, 25 de julho de 2014

Trem de Minas Gerais ao Espirito Santo

Imagens retiradas da intenet
Já Pensou em conhecer mais de 42 cidades em dois estados diferentes e tudo isso dentro de um trem?
Se sim agora isso vai ser possível a partir da segunda quinzena de agosto, através do Trem de Passageiros de Estrada de Ferro de Vitória a Minas, da mineradora Vale.
O trem permite embarque e desembarque de passageiros em 30 cidades. Cada trem tem capacidade de trafegar com 57 pessoas e os econômicos vão poder trafegar com 97 pessoas. Em ambas as classes estão equipadas com tomadas e ar condicionado, já a área executiva, que custa R$: 91,00, em todo percurso contará com sistema de iluminação e som individualizados. O setor econômico custará R$: 58,00.
Os trens estão equipados com um sistema moderno de segurança e combate a incêndios, além de ambientes modernos e sustentáveis. Ainda disso existe um vagão lanchonete, um restaurante e um especial para portadores de deficiência e, há serviço de bordo em todos os ambientes.
O percurso de Minas Gerais ao Espírito Santo tem cerca de 664 Km e passa por 42 municípios e dura cerca de 13 hrs. Segundo a mineradora Vale, serão transportados 1 milhão de passageiros por ano.
Percurso
Do Espírito Santo ele parte de Cariacica, pontualmente ás 7h e, chega a Capital mineira por volta das 20h 30min, no sentido inverso ele sai de Belo Horizonte ás 7h 30 min e chega a Cariacica ás 20h 30 min. As passagens podem ser adquiridas até 30 min da saída do trem.
Essa é uma ótima oportunidade de viajar com segurança e comodidade e, além disso, desfrutar de belas paisagens e conhecer inúmeros destinos do nosso Brasil. Aproveite!

REFERÊNCIAS:
EM. Viagem de MG ao ES de trem será feita em composição de luxo a partir de agosto. Disponível em<http://www.em.com.br/app/noticia/gera is/2014/07/22/interna_gerais,550696/viagem-de-mg-ao-es-de-trem-sera-feita-em-composicao-de-luxo-a-partir-de-agosto.shtml> Acesso em :25 de julho de 2014.

VALE. Trem de Passageiros EFVM. Disponível em < http://www.vale.com/brasil/PT/busine ss/logistics/railways/Passenger-Train-Vitoria-Minas/Paginas/default.aspx> Acesso em: 25 de julho de 2014.
Veja o Video

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Projeto- ¡ Si, Yo Puedo!

No 14º Congresso de Turismo Paulista tive a oportunidade de conhecer a guia de turismo voluntária, Júnia Matsuura, do projeto social “Si, yo puedo!”
Dança Típica Boliviana, Tinku
O projeto surgiu da iniciativa de Veronica Quispe, boliviana, naturalizada brasileira, com formação em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista-UNESP e, neste ano (2014) o projeto comemorou dois anos de existência.
Atualmente o projeto oferece Curso Básico de Português (por três meses), orienta os imigrantes bolivianos quanto a: regularização migratória, validação de cursos concluídos no país de origem, informações sobre cursos técnicos/profissionalizantes em instituições de ensino gratuitos na região metropolitana e pretende-se oferecer o curso de Gestão de Negócios em breve.

Essas atividades são realizadas em todos os domingos na Praça Kantuta, onde é realizado a Feira Kantuta, no Pari, Zona Norte, na cidade de São Paulo.
Além do módulo português básico, é oferecido o módulo português avançado, no qual a guia mencionada no inicio trabalha. No módulo português avançado são realizadas visitas guiadas em vários pontos da capital e nas regiões próximas.
Já foram formadas seis turmas no módulo português básico, cerca de 113 pessoas já falam português por conta do projeto.
Para aprofundar ainda mais no projeto, realizei uma entrevista com Miguel Angel, ele é Boliviano, está fazendo faculdade de pedagogia e ministra alguns cursos e palestras no projeto, como o curso de Empreendedorismo com Capital Zero.
Segundo Miguel, o projeto é voltado à
Aluna, Miguel e Júnia
vontade e necessidades do aluno. No inicio do projeto era oferecido somente auxilio na emissão de documentos, porem surgiu à necessidade de um curso básico de português e assim nasceu a primeira turma.
A necessidade foi à fomentadora de todas as ações que existem atualmente, assim como o curso de português avançado, as aulas de danças e todos os outros cursos profissionalizantes que já foram e serão ministrados.
Isso também pode ser entendido pelo fato que só assim haverá a demanda necessária para realização das atividades, pois se é oferecido um curso que não é interessante para maioria da comunidade, provavelmente ele terá pouca adesão.
Sobre as aulas, ele menciona que a metodologia de ensino varia de acordo com a turma, como por exemplo, se uma turma consegue aprender mais com aulas práticas, ela terá mais aulas práticas. Mas é claro sempre pautando no objetivo final, que é o de aprender o conteúdo.
Segundo ele o projeto visa promover a Liberdade de escolha, que tem como intuito transmitir ao imigrante, que todas as suas escolhas devem ser feitas por eles próprios, sem que haja alguma coerção social. Dessa forma eles procuram transmitir o conhecimento, para que eles sejam capazes de definir o que é melhor para sua vida.
Perguntei a ele, que se fosse para resumir o projeto em uma frase qual seria ela, ele me disse que seria “Aprender a Aprender”. Outra pergunta que fiz a ele, e a resposta foi surpreendente, foi “Para você, qual é a importância do projeto na vida dos alunos?”, ele me respondeu:
Eu penso que é ao contrario os alunos são importantes para o projeto, mais respondendo a sua pergunta como o projeto desenvolve as atividades aos domingos e, faz quatro domingos que por causa do vento ficamos sem tenda, e apareceu um vazio no ponto de encontro e discussão, dessa forma sempre que eles apareciam perguntavam se o projeto havia finalizado? Assim tivemos a impressão de que eles ficaram sem um lugar de encontro e acolhimento e também de informação.
Portanto, ao conhecer a grandiosidade do projeto é possível ponderar sobre alguns pontos de vista, um deles seria que tudo isso foi e é realizado pela boa vontade dos voluntários, lembrando que o projeto é realizado em todos os domingos e todos possuem família e obrigações.
Conversei também com a guia de turismo, Júnía, ela me disse que está no projeto desde 2012 e atualmente ela é responsável pelas visitas do modulo português avançado.
Perguntei a ela, qual seria a importância do projeto na vida dos alunos, ela me respondeu o seguinte:
Carnaval Praça Kantuta
O projeto acolhe o imigrante e colabora na sua inserção social/cultural rompendo uma das barreiras, a comunicação, através do curso de português. Ainda, o recebe como cidadão, respeita suas origens e cultura, promovendo sua auto-estima e propicia condições para que entenda a realidade do país que escolheu para morar e trabalhar.  Mais do que oferecer cursos e informações, o projeto se torna um local para encontros, ponto de apoio e referência para alunos, ex-alunos, amigos e seus familiares.
Para ela o projeto é importante, pois possibilita compartilhar o conhecimento e experiências de maneira a ajudar na melhoria de condições de uma comunidade cuja realidade é semelhante aos de seus avós imigrantes japoneses. 


Perguntei também a ela que se ela fosse resumir o projeto em uma frase, qual seria essa frase, e resposta foi “Compartilhamos, prazerosamente, o que sabemos”. 
Torna-se intrigante saber que nesse mundo atribulado, ainda existem pessoas que dedicam parte do seu tempo para ajudar o próximo e promover o seu crescimento. Talvez se essa mentalidade estivesse presente na maioria das civilizações, viveríamos em um mundo hospitaleiro.

Parabenizo os organizadores e voluntários do projeto, agradeço a atenção do Miguel e a cordialidade e simpatia da guia de turismo Júnia, espero que esse projeto cresça ainda mais e colha bons frutos.

Para fechar, o Miguel me disse que em novembro será lançado uma revista cultural do projeto, com o tema imigrações, a qual ele coordena. 

Todos os domingos 
das 10 às 12 horas - curso de português
das 12 às 17 horas - atendimento (em recesso até o final da Copa)
Praça Kantura - Rua Pedro Vicente, 660 - Pari
Próximo a estação Armênia do metro


Veja o vídeo do projeto:


Acompanhe a pagina do projeto no facebook: https://www.facebook.com/ProjetoSiYoPuedo?fref=ts

Curiosidade, o nome Kantuta, faz referencia a uma flor tipica da Bolívia, que possui as 3 cores da bandeira nacional boliviana, logo é um simbolo nacional.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

À Procura do Aniversariante- Revista Bragantina On Line

Capa da Revista
No dia 16 de julho foi publicado a minha coluna na Revista Bragantina On Line, que esse mês trouxe o titulo " À Procura do Aniversariante", ela trata da festa de São João Batista da Estância Turística de Joanópolis, que vem sofrendo forte descaracterização cultural.
Acompanhe a coluna:

À Procura do Aniversariante
A tão deslumbrante Joia da Mantiqueira comemorou os seus 136 anos e é claro que uma boa festa não poderia faltar. Neste ano foram sete dias de festejos, recheados com mais de oitenta apresentações, distribuídas em três palcos e o calçadão, bem como inúmeras barracas de insumos e artigos, parque de diversões, duas ruas temáticas e outras atrações. (JOANÓPOLIS, 2014)
É visto que a estância recebe em todos os fins de semana um grande fluxo de turistas, devido às suas belezas naturais e seus quitutes, mas o que principalmente atrai os turistas nessa época é a comemoração do aniversário.
Sem duvidas, a comemoração é a maior da região, além de ser a festa mais esperada pelos moradores, ela também atrai mais e mais turistas a cada ano. O intrigante é que a festa é tradicionalmente conhecida como a Festa de São João Batista, que é o padroeiro da cidade.
Fragmento da Revista
Torna-se intrigante pelo fato de que muitos que vêm à Joanópolis nessa data só sabem que está sendo comemorado o seu aniversário, sendo que reforça ainda mais essa ideia é o fato do cartaz do evento não conter a informação dos festejos ao padroeiro.
E se for analisado a estrutura dos festejos dos últimos anos, veremos que não está sobrando espaço para o saudoso São João Batista. Apesar dessa perda de espaço, o que é mais questionador é o fato da identidade e do real motivo da comemoração estar se perdendo no tempo, e restando apenas na cabeça dos idosos e dos curiosos.
Com a perda dessa identidade, provavelmente as futuras gerações pouco se preocuparão em tentar resgatar esses costumes e empregar nos festejos novamente. E com isso, o verdadeiro intuito da comemoração será o aniversário da cidade.
Festa de São João
Do ponto de vista Cultural e do Turismo, esse é um caso bem alarmante. Existe uma história por trás do aniversário da cidade, como, por exemplo, o fato de que a cidade nasceu de uma festa ou o significado do nome Joanópolis, que é cidade de João, devido ao seu padroeiro (JOANÓPOLIS, 2014).
A história das origens e os fatos que ocorreram no passado devem estar presentes no imaginário de cada morador e ser apresentado aos turistas, pois só assim será possível entender o presente e preservar o futuro.
Tais medidas são simples de serem alcançadas, porém requerem tempo e esforço. É visível que tudo que sabemos e compreendemos é antecessor ao presente, portanto, acredito que para fundar uma sociedade que valorize a sua cultura, o primeiro passo é inserir a cultura na escola.
Dessa forma, o adulto irá ser um sujeito que valoriza a sua cultura, respeita e acolhe as outras culturas, e assim esse hábito passará de geração em geração. Quando um município possui pessoas com essas características ele só tem a prosperar e a encantar aos demais.
Rua da Festa
Se essa didática fosse utilizada, provavelmente, a festa dos 136 anos da Estância Turística de Joanópolis teria outra configuração. Talvez, uma festa voltada ao Padroeiro, com danças típicas, feitas pelas escolas municipais e pelos munícipes, barracas, brincadeiras e músicas típicas e tradicionais dessa data.
E como sempre teremos público que irá vir para contemplar essas apresentações e festejar, assim como existe público nas festas típicas do Nordeste ou em qualquer outra parte do mundo. O que irá mudar são o intuito e o motivo dos festejos, e também haverá uma ampla valorização e disseminação cultural, tanto para os turistas como para os munícipes.
Rua Caipira
A valorização cultural se faz ainda mais necessária nos dias atuas, pois a globalização implica em um contato intenso com outros tipos de culturas, e isso pode acarretar na degradação cultural, que pode ser visto na ofensiva invasão da cultura americana na cultura brasileira e mundial.
Portanto, mesmo que a Festa do Aniversário da Cidade esteja em um ambiente micro, comparada ao Brasil, existe uma oportunidade de tornar essa festividade em um exemplo para as outras cidades e estados, e dessa forma atrair ainda mais turistas, que virão com o intuito sustentável e apreciador.

Referências
JOANÓPOLIS, Prefeitura de. A Cidade. Disponível em: http://www.joanopolis.sp.gov.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=4&Itemid=111. Acesso em: 30 Junho 2014.

JOANÓPOLIS, Prefeitura de. Programação da festa de aniversário de Joanópolis. Disponível em: http://www.joanopolis.sp.gov.br/site/index.php?option=com_content%20&view=article&id=802:12-06-2014-programacao-da-festa-de-aniversario-de-joanopolis&catid=57&Itemid=123. Acesso em: 30 Junho 2014
Ainda nessa edição foi publicado o artigo que já postei no blog, "Uma estância sem água e sem turistas"

Acompanhe a Revista Bragantina On line: https://sites.google.com/site/revistabragantinaonline/
Acompanhe a postagem "Uma estância sem água e sem turistas: http://aartedoturismo.blogspot.com.br/2014/06/uma-estancia-sem-agua-e-sem-turistas-o.html


Aguardem as Próximas Edições!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Os aeroportos fizeram seu papel durante a Copa?

Durante a Copa do Mundo foi visto o grande numero de pessoas chegando e saindo do Brasil. Mas será que as obras que foram programadas para os aeroportos foram concluídas?
Aeroporto de Cuiabá
A resposta a essa pergunta pode não ser a esperada. Pois assim como os estádios, houve uma correria enorme para terminar os aeroportos em todo o Brasil.
Segundo o jornal Estadão, foram investidos R$: 11,3 bilhões entre 2011 e 2014, em reforma e construção de novos aeroportos. Porem nenhum aeroporto da Infraero ficou 100% pronto para Copa.
 A Infraero administra oito aeroportos, são eles: Afonso Pena (Curitiba), Confins (Belo Horizonte), Deputado Luis Eduardo Magalhães (Salvador), Eduardo Gomes (Manaus), Galeão (Rio de Janeiro), Marechal Rondon (Cuiabá), Pinto Martins (Fortaleza) e Salgado Filho (Porto Alegre).
E cerca de seis aeroportos estão atrasados e passando por reformas, são eles: Confins, Cuiabá, Curitiba, Salvador, Porto Alegre e Fortaleza. Entre eles, os aeroportos que estão mais atrasados são o de Fortaleza, Porto Alegre e Curitiba.
Congonhas, Guarulhos
O Aeroporto de Porto Alegre onde somente 1,85% da obra no terminal de passageiros ficou pronta e 20,64% do sistema de pátio e pista. E em Fortaleza, onde foram executados apenas 15,62% da reforma do terminal de passageiros.
Esses dois aeroportos só tem data para ficarem prontos em 2016 ou em 2017. Segundo a Infraero, alguns dias antes do inicio da Copa já se trabalhava com dois cronogramas, um pré e um pós Copa.
No Rio Grande do Sul e no Paraná, os aeroportos que iriam ficar prontos para Copa, só irão funcionar em 2016, ano que se iniciarão as Olimpíadas no Rio de Janeiro.
Algumas localidades, como no Ceará, as obras do Modulo Operacional ficaram prontas há pouco tempo e já serão desativadas, devido à sazonalidade do fluxo de turistas.
Das 36 intervenções que a Infraero iria fazer em 13 aeroportos em todo país, dez foram abandonadas. Segundo a Infraero, apenas 11 estão concluídas (30,5%), quatro estão incompletas (11%) e outras 11 só ficaram prontas depois da Copa (30,5%).
Já a realidade dos aeroportos privatizados a realidade não é outra. O aeroporto de Viracopos, em Campinas, foi o único a não entregar as obras no prazo previsto.
Contudo, a inquietação gerada é fato do por que essas obras não foram construídas dentro do prazo estipulado e também pra onde foi todo investimento que deveria garantir a entrega dentro dos prazos.

A falta de compromisso com a entrega dos aeroportos deixa uma imagem negativa para os brasileiros e para todos os estrangeiros que vieram ao Brasil. A imagem negativa para os estrangeiros se refere aos inúmeros tapumes espalhados pelos aeroportos e a falta de comodidade.
E para os brasileiros a imagem negativa se dá pelo fato de não sabermos onde está o nosso dinheiro que foi investido, que poderia ser empregado em inúmeras outras melhorias.
O mais intrigante que os aeroportos não fizeram o seu papel, que era de ser útil durante a Copa do Mundo, tal momento que estaríamos congestionados de turistas e eles irão ser a válvula de escape.
E agora nos resta esperar que os aeroportos sejam concluídos e virem meros espaços de contemplação, pois não haverá um fluxo tão grande que utilize todas as dependências, assim como as antigas como as novas.

Referências
SAMPAIO, Lucas.  Nenhum aeroporto da Infraero ficará 100% pronto para Copa. Disponível em < http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1454211-nenhum-aeroporto-da-infraero-ficara-100-pronto-para-a-copa.shtml> Acesso em: 16 de julho de 2014.
DOCA, Geralda. Obras em seis aeroportos só ficam prontas após a Copa. Disponível em < http://oglobo.globo.com/economia/obras-em-seis-aeroportos-so-ficam-prontas-apos-copa-12123064> Acesso em: 16 de julho de 2014.

DUARTE, Fernando. Obras em aeroportos da Bahia só ficam prontas após a Copa. Disponível em < http://atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1571120-obras-em-aeroportos-da-bahia-so-ficam-prontas-apos-a-copa> Acesso em: 16 de julho de 2014.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Turismo Pet- As férias com o seu melhor amigo!

Colagem- Silvio Alvarez
Muitas pessoas têm um grande amor pelo seu animalzinho de estimação e sentem muito em deixá-los em canis ou na casa de vizinhos e amigos para viajar.
Pensando nesse amor das pessoas pelos animais domésticos e pelo fato deles serem verdadeiros membros da família, o mercado hoteleiro tem se renovado para captar novos públicos.
Viajar com animais já se tornou tão comum, que já existe um selo que tem como intuito certificar os hotéis que podem e têm condições de receber animais de estimação, ele é chamado de “pet friendly”.
A certificação foi criada no final de 2012 pelo Portal Turismo 4 patas. A idealizadora do projeto, Larissa Rios, que é formada em turismo, afirma que o Sistema de Classificação dos Meios de Hospedagem Pet Friendly é o primeiro no Brasil e ele foca principalmente na estrutura e serviços prestados aos animais domésticos.

Os hotéis e pousadas que querem obter o selo, devem pagar uma taxa e preencher uma serie de requisitos.  Entre esses requisitos estão à presença de lixeiras exclusivas para as fezes dos bichos e de bebedouros com água fresca para os animais, a possibilidade de dormir no quarto com o dono, a existência de convênios com pet shops e veterinários e a receptividade em geral.
Se o estabelecimento for aprovado, ele recebe um manual de hospedagem, com orientações sobre raças de cachorros e procedimentos ideais, treinamento especial para os funcionários e  um pacote de divulgação no site Turismo 4 Patas. (G1, 2013)
No Brasil, o primeiro que foi certificado está na cidade de São José do Barreto (SP), que é a Pousada Encanto da Bocaina, na Serra da Bocaina.
Segundo o site, lá, os animais podem dormir com os donos nos chalés, ganham kit de boas vindas com osso, bandana e saco para catar dejetos e podem correr livres pela área verde, desde que não incomodem os outros hóspedes.
Atualmente até as grandes redes de hotéis estão abrindo suas portas para receber os animais
domésticos, como são o caso da rede Ibis e Ibis Styles em todo o Brasil. As redes só requerem a caderneta de vacinação e o pagamento de uma taxa adicional, além disso, elas só recebem animais domésticos de pequeno porte, pesando até 15 Kg. (GAZETA, 2014)
Além de hospedagem, o mercado turístico/hoteleiro tem investido em pacotes de viagens para essa fatia em expansão no mercado. Geralmente esses pacotes oferecem uma programação especial para os animais domésticos e os seus donos.
Um exemplo bem claro dessa programação diferenciada foi à feita pela agencia de viagens Dog Tour Viagens, que no carnaval ofereceu pacotes para o Golf Hotel de Itu e na programação estava concurso de melhor fantasia para os pets e atividades recreativas para os donos junto com os animais.
A proprietária da agencia de viagens Dog Tour Viagens disse que montou a empresa, pois já havia passado por momentos constrangedores com a sua poodle, sendo assim decidiu montar um negocio que facilitasse a vida dos amantes dos animais. Hoje ela já possui mais de 900 estabelecimentos credenciados em todo Brasil e faz diversos pacotes temáticos. (G1, 2014)

Assim como existe o guia 4 rodas, que possui uma relação de hotéis e destinos turísticos, também existe o guia de turismo 4 patas, que dispõe de hotéis, roteiros e locais que permitem a entrada de pets.
E por falar em locais que permitem a entrada de pets, você sabia que cães e gatos podem tirar passaporte?
Isso mesmo, o passaporte pode ser emitido pela Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura, Agropecuária e Abastecimento em todos os portos e aeroportos. O documento é chamado de Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos, ele irá conter informações basicas do animal e a sua caderneta de vacinação. (MINAS, 2014)
Tudo isso pensado em oferecer maior comodidade ao dono, que não quer deixar seu animalzinho em casa e que muitas vezes desiste de ir viajar por conta disso. Então nada melhor do que ir viajar e proporcionar um momento de lazer ao nosso fiel companheiro.
É visto que atualmente existem inúmeros locais que são preparados e construídos especialmente para receber animais, porém no turismo brasileiro a modalidade Pet ainda é muito recente, mas já atrai um grande público.

Sendo assim o turismo pet tende a crescer muito ainda e cada vez ouviremos  e veremos novidades sobre esse ramo.
Então, agora que você já sabe que é possível viajar com o seu animalzinho, não existe desculpa para não conhecer o mundo e aproveitar as férias com o melhor amigo!

REFERÊNCIAS
GAZETA, Povo. Hotéis brasileiros abrem as portas para os pets. Disponível em <http://www.gazetadopovo.com.br/t urismo/conteudo.phtml?id=1476944> Acesso em: 14 de julho de 2014.
G1, Noticias. Agência oferece pacote de turismo para pets e donos viajam juntos. Disponível em <http://g1.globo.com/Noticias/B rasil/0,,MUL990127-5598,00AGENCIA +OFERECE+PACOTES+DE+TURISMO +PARA+PETS+E+DONOS+VIAJAREM> Acesso em: 14 de julho de 2014.
G1, Turismo. Novo selo 'pet friendly' certifica hotéis que recebem bem os animais. Disponível em <http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2013/01/novo-selo-pet-friendly-certifica-hoteis-que-recebem-bem-os-animais.html> Publicado em: 30 de novembro de 2013.

MINAS, Estado de. Passaporte para cães e gatos começam a valer em 2014. Disponível em: http://www.gateiro.com.br/passaporte-para-caes-e-gatos-comeca-a-valer-em-2014/> Acesso em: 15 de julho de 2014.

VOCÊ SABIA?
Você sabia que existiu um cachorro que ficou super famoso por viajar para 36 países para divulgar sobre a adoção de animais. O vira-lata Oscar até os dias de hoje é usado como referencia na adoção de animais e sem contar que ele já viajou mais que muita gente. Acompanhe seu álbum de fotos: http://entretenimento.r7.com/bichos/fotos/cachorro-aventureiro-viaja-por-36-paises-para-divulgar-a-adocao-de-animais-18042013#!/foto/16
Oscar


O que é necessário para viajar com o meu animalzinho?

No território Nacional todo animal de estimação pode viajar se estiver com a vacinação em dia e com um atestado do médico veterinário comprovando as suas condições para a viagem (CZI).
Já em países como o Reino Unido, o pet deve ser identificado com um Microchip, vacinado contra a raiva e portar o Certificado Zoossanitário Internacional (CZI).

ACESSE
Dog Tour
Site: www.dogtourviagens.com.br
Tel: (41) 3079-6394
Turismo 4 patas
Site: www.turismo4patas.com.br
e-mail: contato@turismo4patas.com.br
Pousada Encanto da Bocaina
Site: http://www.sitioencantodabocaina.blogspot.com.br/